O leite armazenado em bancos de leite humano é utilizado para atender bebês que não conseguem se alimentar diretamente no seio materno, sejam eles prematuros ou doentes.

O Brasil possui uma das maiores redes de bancos de leite humano do mundo, totalizando 186 bancos no país todo. Alguns municípios oferecem a coleta domiciliar de leite.

No banco de leite há um controle de qualidade rigoroso e todo leite é pasteurizado para eliminar bactérias e vírus. Para mais informações consulte a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano.

A saúde da mulher é condição essencial para doar leite. Antes da possível coleta, a doadora precisa passar por uma avaliação clínica. Mães portadoras de doenças infectocontagiosas não podem amamentar nem seus próprios filhos, pois há o risco de contaminá-los. Mulheres que fumam, bebem ou tomam determinados medicamentos também não podem doar leite.

Saiba mais em Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde.



[2] Fonte: http://www.fiocruz.br/redeblh