No Brasil, todo pai, inclusive adotivo, tem direito à licença paternidade. Mas essa licença, de apenas 5 dias, é muito pequena para acompanhar os primeiros passos de um filho. É pelo direito de cuidar de seus filhos que os pais desejam a ampliação da licença paternidade.

A campanha com o slogan Dá licença, eu sou pai! busca a igualdade de direitos entre homens e mulheres, no campo reprodutivo; e que a criança tenha também garantido o seu direito à proteção.

Vale a pena assistir o  vídeo da campanha, de apenas 15 segundos. Algumas raras empresas já começam a se movimentar.

Realização:
Núcleo de Pesquisas em Gênero e Masculinidades (Gema/UFPE)
Instituto PAPAI
Parceria:
Rede de Homens pela Equidade de Gênero (RHEG)
Fundação Carlos Chagas
Ministério Público de Pernambuco